Voltar

Festa da Castanha
Numa região onde a castanha tradicionalmente se reveste de enorme importância económica e social, pelo facto das condições climáticas dos solos e morfológicas não deixarem muitas vezes às populações outra alternativa que não o cultivo do castanheiro, foi importante agir pela defesa e valorização deste recurso, promovendo um aumento significativo de novas técnicas de cultivo que permitam a intensificação da cultura, o aumento da produção e uma melhoria da qualidade final do produto.

Essas acções passam pela criação de uma Denominação de Origem Protegida, definindo-se regras quer de mercados quer de produção que garantissem a manutenção dos parâmetros diferenciadores das castanhas produzidas nesta região.
Este objectivo foi atingido com a aprovação por despacho do Secretário de Estado dos Mercados Agrícolas e Industrias Agro-Alimentares da Denominação de Origem Protegida "Castanha Souto da Lapa", destinado às produções que obedeçam a características definidas e sejam provenientes do Douro Sul, Trancoso e Aguiar da Beira, compreendendo freguesias dos concelhos de Armamar, Tarouca, Tabuaço, S. João da Pesqueira, Moimenta da Beira, Sernancelhe, Penedono, Lamego, Aguiar da Beira e Trancoso.
A castanha desta região ostenta a denominação de origem "Soutos da Lapa" na sua comercialização como produto protegido, específico e sujeito aos procedimentos de controle, qualidade e procedência.
Por tal motivo realiza-se anualmente em finais de Outubro a Festa, Feira da Castanha, que não só promove o produto, mas também uma actividade festiva e cultural, que envolve acções de todas as freguesias do concelho
 

Outras actividades festivas são também realizadas ao longo do ano, como feira dos Santos, a romaria em honra de Nª Srª da Lapa, em honra de Nossa Senhora das Necessidades, a festa de Nossa Senhora da Consolação, de Nossa Senhora da Saúde e da Senhora de ao Pé da Cruz, que tal com outros enventos não religiosos, se reveste de ponto de união das populações, negócios de produtos locais, e sempre com as características festivas habituais: conjuntos musicais, foguetes e outras digressões.
     

Voltar