Voltar 

  Vinhos Távora-Varosa  -  denominação de origem  

 


Esta região, situada no sopé das encostas da Serra da Nave, entre os rios Paiva e Távora, no denominado Vale do Varosa, apresenta vestígios de ocupação humana desde a proto-história. Por ela passaram Romanos, Suevos e Visigodos, sendo escolhida pelos Monges de Cister para aí construírem alguns dos mais belos exemplares arquitectónicos cistercienses. Exemplo disso é o Mosteiro de S. João de Tarouca, o primeiro da Península Ibérica, construído no século XII.
Zona berço do escritor Aquilino Ribeiro, produz alguns dos melhores vinhos e espumantes nacionais

 

 
LEGISLAÇÃO BASE
Decreto-Lei N.º 443/99, de 2 de Novembro.
 
ÁREA GEOGRÁFICA
A área geográfica correspondente à Denominação de Origem Controlada "Távora - Varosa " abrange os concelhos de Moimenta da Beira (freguesias de Arcozelo, Baldos, Castelo, Moimenta da Beira, Nagosa, Paradinha, Rua e Vilar), Penedono (freguesias de Póvoa de Penela e Souto), São João da Pesqueira (freguesias de Pereiros e Riodades), Sernancelhe (freguesias de Escurquela, Faia, Ferreirim, Fonte Arcada, Freixinho, Granjal, Penso, Sarzeda, Sernancelhe e Vila da Ponte), Tabuaço (freguesias de Arcos, Granja do Tedo, Longra e Paradela), Armamar (freguesias de Cimbres, Goujoim, Queimada, Queimadela, Santa Cruz de Lumiares, Santiago, São Cosmado, São Romão e Tões), Lamego (Britiande, Cepões, Ferreirim, Lalim, Vila Nova de Souto de El-Rei e a parte da freguesia de Várzea de Abrunhais que não pertence à Região Demarcada do Douro) e Tarouca (freguesias de Dalvares, Gouviães, Granja Nova, Mondim da Beira, Salzedas, Tarouca e Ucanha).

 



 
Produtos Rendimento Máximo (hl/ha) Título Alcoométrico Volúmico Mínimo (%vol.) Estágio Mínimo Obrigatório(meses)
VQPRD      
   Tinto
   Branco
   Rosado

55
60
 
11,5 Adq.
11 Adq.
11 Adq.
 
 
VEQPRD(espumante)      
 
 
CASTAS RECOMENDADAS
Vinhos Tintos Vinhos Brancos
Alvarelhão, Aragonez (Tinta Roriz), Bastardo, Malvasia Preta, Marufo, Castelão (Periquita)1, Rufete, Tinta Barroca, Barca, Touriga Franca, Touriga Nacional, Trincadeira (Tinta Amarela) e Vinhão. Bical, Arinto (Pedernã), Chardonnay, Dona Branca, Fernão Pires (Maria Gomes), Folgasão, Gouveio, Malvasia Fina (com representação mínima de 30% para as novas plantações), Malvasia Rei (com representação máxima de 10%), Rabo de Ovelha, Síria (Roupeiro) e Viosinho.
Vinhos base para Espumante Tinto Vinhos base para Espumante Branco
Alvarelhão, Aragonez (Tinta Roriz), Pinot Noir, Barca, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional. Bical, Arinto (Pedernã), Chardonnay, Dona Branca, Fernão Pires (Maria Gomes), Folgasão, Gouveio, Malvasia Fina, Malvasia Rei e Pinot Blanc.
1 - Apenas na rotulagem conforme ponto 1-A do art.º 17º do Reg. (CEE) nº 3201/90, com a redacção do Reg. (CE) nº 609/97
 
CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS
Vinhos Tintos Vinhos Brancos
Cor rubi claro, com tonalidade avermelhada vinosa; vinhos leves, suaves, com alguma frescura. Cor citrina; de frutado intenso a frutos citrinos, com realce dos aromas primários, sendo bastante frescos.
 
ENTIDADE CERTIFICADORA
A certificação da DOC Távora-Varosa é feita pela Comissão Vitivinícola Regional Távora-Varosa.
Nota:
Com o objectivo de se proceder à divulgação da nova nomenclatura das castas e respectiva sinonímia reconhecida, de acordo com a Portaria n.º 428/2000, de 17 de Julho, optou-se pela sua introdução nesta ficha, embora, neste caso, os diplomas específicos em vigor ainda não a contemplem. Em itálico, entre parêntesis, são indicados os sinónimos reconhecidos.

 

 

 

 

  Voltar